Vereador pede a implementação do Prontuário Eletrônico em UBSs da cidade

O vereador Moisés Lazarine fez pedido à prefeitura para que seja instalado o sistema de prontuário eletrônico, disponibilizado pelo Ministério da Saúde através do e-SUS.

O que é o Prontuário Eletrônico

Em outubro de 2016 o Ministério da Saúde lançou o prontuário eletrônico para pacientes da atenção básica de saúde. O Ministério da Saúde tem como planejamento a expansão do sistema de modo que seja usado em todo o território nacional com todas as informações dos brasileiros que usam serviços de atenção básica do SUS.

Prontuário Eletrônico é um sistema de cadastramento de todas as informações de atendimentos, diagnósticos, procedimentos, internações, exames e prescrições de remédios de cada paciente que serão feitos pelas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Segundo determinação do Governo Federal, os municípios que não enviarem as informações dos prontuários terão uma parte dos recursos federais bloqueados.

Fim do prontuário em papel

Com a implantação do sistema a expectativa é que o prontuário deixe de ser feito em papel, sendo totalmente digital. Segundo o Ministério da Saúde, cerca de 76% das UBS ainda registram o histórico do paciente em papel. O restante das unidades usa alguma versão de prontuário eletrônico, seja uma versão anterior ofertada pelo Ministério da Saúde ou uma versão da iniciativa privada.

A ideia do lançamento do prontuário é eliminar totalmente o uso de papel. O recurso também poderá ser usado para registrar visitas do programa Saúde da Família e de agentes comunitários da saúde que passam nas casas para fazer o controle do mosquito Aedes aegypti.

Paciente terá acesso a dados

O ministério afirma que os pacientes terão acesso às informações relacionadas ao próprio histórico de saúde, como pedidos de exame, agendamento, encaminhamento para especialistas e fornecimento de remédios.

Caso o paciente verifique que há em seu histórico algum serviço que ele não recebeu, deverá comunicar o Ministério da Saúde por meio do Disque Saúde, no telefone 136.

São Carlos

O programa de prontuário eletrônico foi laçado no final de 2016, porém até o momento não foi implementado na cidade de São Carlos. Segundo o Governo Federal, o município que não utilizar o sistema terá uma parte da verba federal bloqueado.

O vereador Moisés Lazarine pediu a prefeitura que o sistema seja instalado na rede pública de saúde urgentemente, em resposta ao vereador a secretaria de Saúde informou que já está sendo providenciada a implementação do sistema de prontuário eletrônico na cidade de São Carlos.

Moisés Lazarine disse, “a cidade é conhecida como a cidade da tecnologia, não podemos ser uma cidade ultrapassada, temos que nos atualizar, o sistema irá melhorar, e muito, a vida de quem precisa de atendimentos nas UBSs da cidade.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s